resultados franquias trimestre 2 - Setor de franquias cresce 5,9% no segundo trimestre de 2019

Setor de franquias cresce 5,9% no segundo trimestre de 2019

A Pesquisa Trimestral de Desempenho do Setor, desenvolvida pela ABF – Associação Brasileira de Franchising, mostrou que o setor de franquias cresceu 5,9% no segundo trimestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado. A receita passou de R$ 40,734 bilhões para R$ 43,122 bilhões. E a receita acumulada nos últimos 12 meses teve crescimento de 6,9%, passando de R$168,360 bilhões para R$179,933 bilhões.

O bom desempenho foi incentivado pela abertura de novas unidades, ações de ajuste, eficiência operacional e inovação que as redes têm implementado nos últimos anos. O comportamento contido refletiu a confiança dos empresários relacionada à elevada taxa de desemprego e incertezas em relação às reformas e outras medidas macroeconômicas.

A comparação de abertura e fechamento de lojas no trimestre também teve um saldo positivo de 2,1%, com 4,3% de operações abertas e 2,2% fechadas. 

O sucesso da 28ª ABF Franchising Expo, realizada em São Paulo em junho, demonstra um aumento da disposição do público em empreender através do modelo de franquias.

Geração de empregos

As franquias também têm sua participação gerando novos postos de trabalho. Segundo a pesquisa, houve um aumento de 10% no número de empregos diretos do franchising em comparação com o mesmo período de 2018. A expansão das redes de franquias pelo país e as novas formas de contratação da reforma trabalhista são fatores que contribuíram para o resultado.

Crescimento por segmento

A pesquisa indicou que o segmento com maior crescimento no período foi Serviços e Outros Negócios, com alta de 8,9%. O segmento Casa e Construção cresceu 6,0%, favorecido principalmente pelas reformas.

Considerando o desempenho desses segmentos no semestre, Serviços e Outros Negócios lidera, seguido de Casa e Construção e Comunicação, Informática e Eletrônicos, ambos com 9,1% de crescimento da receita. 

Expansão pelo País

A pesquisa também indica um aumento de participação das Regiões Sul (9,7% para 10,3% em faturamento), Nordeste (13,6% para 13,9%) e Centro-Oeste (8,4% para 8,6%) no total do mercado. A expansão das franquias continua sua estratégia de buscar novos mercados, aumentando sua capilaridade em lugares onde normalmente encontram menos concorrência, custos mais baixos e um consumidor ávido por grandes marcas. 

Fonte: ABF – Associação Brasileira de Franchising